Sistema delivery grátis: funciona de verdade?

Você precisa de um sistema delivery grátis para otimizar as vendas em seu negócio, mas não sabe se vale à pena, ou, se funciona de verdade? Confira como o software pode ser vantajoso para o seu negócio!

O sistema delivery grátis funciona?

Segundo uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em 2015, o delivery do ramo alimentício teve um faturamento de R$ 9 bilhões de reais no Brasil. Quatro anos depois, a Abrasel fez outro estudo e afirmou que o setor de delivery movimenta R$ 11 bilhões por ano em nosso país.

Esses altos valores mostram como o serviço de entregas ganhou enorme importância em solo nacional. Cada vez mais, os restaurantes e bares precisam utilizar esse serviço para aumentar os seus lucros. Além disso, ter um sistema delivery grátis pode ser uma ótima alternativa em tempos de pandemia.

Basicamente, a resposta para o título deste texto é “sim”, o sistema delivery grátis realmente funciona. Contudo, é preciso que ele seja muito eficiente, pois existem muitos comércios oferecendo esse mesmo tipo de serviço. Nos próximos parágrafos, confira algumas dicas para tornar o seu delivery mais eficiente e atrativo.

Vantagens do sistema delivery grátis

Locais de Entrega

Sempre que um comerciante resolveu trabalhar com delivery, ele precisa definir o seu local de atuação. Por exemplo, ele pode fazer as entregas apenas no bairro em que ele está, nos bairros vizinhos ou em toda a cidade.

Antes de tomar essa decisão, o comerciante precisa entender quais são os custos gerados pelo delivery. Por exemplo, existem comércios que calculam o preço de suas entregas incluindo a distância do trajeto. Por sua vez, existem outros que preferem cobrar um valor fixo que arca com todos os custos necessários.

Horário de Entrega

Outro ponto importante do sistema delivery grátis é o horário de atendimento. Existem comércios que preferem utilizar o delivery apenas em um período do expediente (manhã, tarde ou noite).

Por sua vez, existem outros que oferecem o delivery apenas aos finais de semana. Tudo vai depender do número de pedidos e de quanto a empresa está lucrando com o sistema de entregas.

Número de entregadores

Depois que forem definidos os períodos de entrega e os locais de atendimento, é preciso definir o número de entregadores. Se a empresa acredita que vai fazer muitas entregas, ela precisa de uma equipe cuja função seja apenas o delivery. Dessa forma, será mais fácil entregar os produtos dentro do prazo.

Treinamento para entregadores

Muitas vezes, os clientes ficam chateados quando sua comida chega revirada ou danificada de algum modo. Eles se frustram ainda mais quando vão relatar o problema ao entregador e recebem um péssimo tratamento.

Quando isso acontece, o comércio perde mais que um cliente. Com a existência das redes sociais, aquele cliente insatisfeito pode falar muito mal daquela empresa em alguma postagem, o que pode manchar muito a imagem daquele negócio.

Para evitar esse problema, é preciso treinar os entregadores para que eles tratem os clientes com gentileza e educação. Em muitos casos, eles são o único meio físico entre o cliente e a empresa. Ou seja, o modo de agir deles influenciará muito a imagem daquele comércio perante as pessoas.

Como montar um Pet Shop Móvel

Pensa em montar um pet shop móvel mas não sabe nem por onde começar? Então esse artigo é para você. Confira como montar e como funciona um Pet Shop móvel!

Primeiramente, é preciso entender que um Pet shop móvel nada mais é que um Pet shop sobre rodas, na mesma linha dos já bem conhecidos food truck e, assim, levando a loja e serviços aos seus clientes.

Lembrando que muitos animais têm medo de andar de carro, o que é um ponto a favor desse tipo de negócio, já que esse medo as vezes se torna um grande impeditivo para idas ao Pet Shop, sendo também muito desconfortável para o dono, fazendo do Pet Shop móvel uma ótima alternativa.

Vale saber que enquanto esse tipo de negócio já é bem comum nos Estados Unidos, com muitos pet shops sobre rodas, por aqui isso ainda é novidade, embora esteja começando a surgir , de uma forma ainda tímida, por aqui.

Na verdade, principalmente, nos dias de hoje, essa pode ser uma alternativa de negócio muito lucrativa. Quer saber como montar o seu Pet Shop de sucesso? Confira aqui com a gente!

Como funciona um Pet Shop móvel?

Embora pareça algo muito complexo, na verdade, é até bem simples montar um Pet Shop móvel. Para isso, só é preciso ter uma van ou furgão adaptado, para poder organizar os produtos e poder oferecer os serviços, tais como:

  • Venda de ração, brinquedos e acessórios;
  • Banho;
  • Tosa;
  • Medicamento;
  • Dog Walker (passeador de cães).

Lucro de um Pet Shop móvel

Quanto ao lucro, calcula-se que ele pode passar os R$ 15 mil mensais, e o custo médio com veículo e adaptação pode variar entre R$ 80 mil e R$ 150.000.

Passo a passo para montar um pet shop móvel

A boa notícia é que além de se mostrar uma forma bem mais prática de oferecer os serviços, montar um pet shop móvel também é bem mais simples do que montar um Pet Shop tradicional.

Certamente, um Pet Shop móvel possibilita atender mais clientes, embora existam alguns desafios a serem vencidos, como:

  1. Escolher o veículo

É preciso o encarar como uma clínica, propriamente dita, por isso, vale priorizar o conforto e o espaço, esquecendo um pouco o custo.Só muita atenção aos juros na compra a prazo.

Algumas opções de furgão:

  • Iveco Daily
  • Fiat Ducato
  • Lifan Foison
  • Renault Master
  • Mercedes Sprinter
  • Reboque com Trailer
  1. Acertar na escolha da empresa que irá adaptar o veículo

Pesquise muito a empresa que fará a adaptação do veículo, não arrisque seu dinheiro, procure as que já são do mercado, tais como Revest Tudo, Fagbrasil, Greencar, Ecoxuindademovel, por exemplo.

Lembrando que o veículo terá que contar com revestimento interno apropriado para ter todo o equipamento necessário para tratar os animais, tendo que ter mesa de tosa, banheira, jato de água com temperatura controlada, dois tanques de água (com água limpa e água suja), secador e um gerador de energia; além de um revestimento externo que servirá como fachada e vitrine para a sua empresa móvel.

Vale saber que algumas empresas já oferecem a adaptação completa do veículo, das paredes, hidráulico e elétrico, até o maquinário necessário, podendo chegar à R$10 mil.

Maquinário:

  • máquina desembaraçadora (R$1000),
  • ducha (R$500),
  • máquina de tosa (R$1000),
  • kit de escovas (R$350) máquina de secar (R$8500),
  • total: R$11.350.
  1. Legalizar seu negócio

É preciso ter em mente que diante da lei, seu negócio é igual ao de um pet shop comum, por isso, será necessário um responsável técnico (veterinário) de acordo com o Decreto nº 40.400/1995, artigo 3º, assim como realizar todas as etapas burocráticas para criar uma empresa: CNPJ, entre outras liberações.

E atenção, é preciso que a carteira de motorista seja de categoria B, principalmente, no caso de veículos muito grandes e pesados C.

  1. Criaruma tabela de preços

Certamente, até pela praticidade e pelos custos de montar esse negócio, é justo cobrar mais do que um pet shop comum, até mesmo chegar a 20% a mais em serviços e produtos.

Exemplo, no caso de conseguir oferecer 23 serviços por dia, com duração de 30 minutos cada e um valor médio de R$50,00, isso pode corresponder a uma média de R$1.200,00 de lucro bruto por dia, ou R$30.000 mensal.

Certamente, isso é só um exemplo.

  1. Invista em administração e marketing

Procure se informar ao máximo de como administrar o seu negócio, assim como, conhecer estratégias de marketing, que vão fazer total diferença no sucesso, ou não, de seu negócio, e vale apelar para um sistema para automatizar esses serviços e ajudar na gestão de seu Pet Shop.

  1. Importância de um sistema de gestão

Sem dúvida, nesse mercado muito competitivo, sai na frente quem tem uma gestão eficiente e, nesse sentido, um sistema de gestão oferece tudo o que precisa para uma administração sem dores de cabeça.

Dentre outras coisas, um sistema de gestão oferece controle de fluxo de caixa, de estoque, agendamentos, gestão financeira, entre outros serviços de administração e gestão.

Sem dúvida, esse tipo de sistema permite visualizar o que precisa ser melhorado, ter um maior controle das vendas e lucros…

Lembrando que atualmente já podemos contar com muitos softwares que fazem todo esse serviço de gestão, como nuvemvet, por exemplo, que oferece o melhor custo benefício e um ótimo suporte.